USO DAS MÍDIAS SOCIAIS COMO PRÁTICA DE PESQUISA NO MAPEAMENTO DO ECOSSISTEMA XR NO BRASIL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53450/10.53450/2179-1465.RG.2021v12i3p242-266

Palavras-chave:

rede social, COVID-19, ecossistema XR

Resumo

A pandemia do COVID-19 criou uma crise de saúde pública mundial, impondo o chamado isolamento social e rápidas transformações nos formatos de negócios e práticas da vida social. Muitas pesquisas tradicionais que exigiam o contato pessoal tiveram que rever estratégias, principalmente no campo das Ciências Sociais. O presente artigo visa propor uma reflexão sobre inovações no método de pesquisa do “Mapeamento do Ecossistema XR no Brasil”, que explorou a chamada e-Infrastruture (plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin), como ferramenta importante para a prática acadêmica cartográfica através da internet.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ines Maria Silva Maciel, UFSCar

Inês Maciel é Doutora em Engenharia pela COPPE/UFRJ e professora do Mestrado Profissional - PPGMC/ECO-UFRJ no segmento de narrativas imersivas e Cinematic VR. Desde 2019, coordena a pesquisa de Pós-Doutorado denominada “Mapeamento do Ecossistema XR no Brasil, junto à UFSCar, associado ao grupo de pesquisa CENA, sob a supervisão da Profa. Alessandra Meleiro. A pesquisadora também é produtora de filmes em Cinematic VR, sendo também responsável pela condução dos Workshops em Cinematic VR, no Festival de Gramado 2019, e em 2021 conduziu workshops sobre Produção de Narrativas Imersivas em VR para empresa ARAMCO (Arábia Saudita), em parceria com a empresa YDREAMS GLOBAL.

Beatriz Costa da Silva, EBA/UFRJ

Mestre em Design pelo PPGD - EBA na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Especializada em Editoração e Comunicação Digital. Atuei como designer no setor de produção cultural da Fundação Biblioteca Nacional entre 2012 e 2015, onde despertou meu interesse pelo campo da memória gráfica brasileira, iniciando a pesquisa de campo do mestrado no tema Análise de elementos do design gráfico nas capas das revistas Selecta e Rio Chic: Uma composição visual dos hábitos culturais cariocas. Recentemente, fui responsável pela comunicação digital do congresso FORCINE 20 anos e da pesquisa Mapeamento do Ecossistema XR no Brasil pela UFSCar. Atuo nas áreas de design e comunicação digital.

Rodrigo Airton da Silva Maciel, IGEO/UFRJ

Discente do Curso de Geografia/UFRJ, atuou em pesquisas na temática agroecológica, junto ao Projeto Mata Viva – IGEO/UFRJ, e em projetos de Comunicação de Risco e SMS (Segurança, Meio Ambiente e Saúde) na Refinaria Gabriel Passos, onde gerenciava dados meteorológicos e espaciais. Mais recentemente, participou no Mapeamento do Ecossistema XR como discente de Iniciação Científica, contribuindo na pesquisa bibliográfica relacionada ao tema Geografias da Comunicação.

Referências

ALLCOTT, Hunt; GENTZKOW, Matthew. Social media and fake news in the 2016 election. Journal of economic perspectives, v. 31, n. 2, p. 211-36, 2017.

BARUAH, Trisha Dowerah. Effectiveness of Social Media as a tool of communication and its potential for technology enabled connections: A micro-level study. International Journal of Scientific and Research Publications, v. 2, n. 5, p. 1-10, 2012.

BATRINCA, Bogdan; TRELEAVEN, Philip C. Social media analytics: a survey of techniques, tools and platforms. Ai & Society, v. 30, n. 1, p. 89-116, 2015.

CASTELLS, M. Ruptura: a crise da democracia liberal. Rio de Janeiro : Zahar, 2018.

__________, M. A Sociedade em Rede. São Paulo : Paz & Terra, 1999.

__________, M. Sociologia del espaço industrial. In: Ciudad Y sociedade. s.1., Editorial Ayoso, cap. 2, p. 56-151, 1975.

CASTRO, I.E., GOMES, P.C.G., CORRÊA, R.L. Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro : Bertrand Brasil, 1995.

CORRÊA, E. S. Comunicação Digital: uma questão de estratégia e relacionamento com públicos. Organicom, v. 2, n. 3, p. 94-111, 2005.

CHRISTALLER, Walter. Central Places in Southern Germany. Tradução de Carlisle W. Baskin. New Jersey : Prentice-Hall, 1996.

DIAS, L.C. Os sentidos da rede: notas para discussão. In: DIAS, L.C. e SILVEIRA, R.L.L. da (orgs.). Redes, sociedades e territórios. Santa Cruz do Sul: Ed. UNISC, p. 11-28, 2005.

______, L.C. Redes: emergência e organização. In: CASTRO, I.E., GOMES, P.C.G., CORRÊA, R.L. (org). Geografia: conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1995.

DI PIETRO, Loredana; PANTANO, Eleonora. An empirical investigation of social network influence on consumer purchasing decision: The case of Facebook. Journal of Direct, Data and Digital Marketing Practice, v. 14, n. 1, p. 18-29, 2012.

EFFING, Robin; VAN HILLEGERSBERG, Jos; HUIBERS, Theo. Social media and political participation: are Facebook, Twitter and YouTube democratizing our political systems?.
In: International conference on electronic participation. Springer, Berlin, Heidelberg, 2011. p. 25-35.

FERREIRA, Jorge. Lugar, espaço e geografia. Do real ao virtual na sociedade do conhecimento. Revista da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, v. 18, p. 59-82, 2006.

FREBERG, Karen et al. Who are the social media influencers? A study of public perceptions of personality. Public Relations Review, v. 37, n. 1, p. 90-92, 2011.

GREENWOOD, Shannon; PERRIN, Andrew; DUGGAN, Maeve. Social media update 2016. Pew Research Center, v. 11, n. 2, p. 1-18, 2016.

GUY, Retta. The use of social media for academic practice: A review of literature. Kentucky Journal of Higher Education Policy and Practice, v. 1, n. 2, p. 7, 2012.

HAESBAERT, Rogério. O Mito da Desterritorialização. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2016.

HAESBAERT, Rogério. Globalização e Fragmentação do mundo contemporâneo. Niterói: Editora da UFF, 2013.

HALFPENNY, P. PROCTOR, R. Innovations in Digital Research Methods. London : Sage, 2015.

HARTLEY, John. Communication, cultural and media studies: The key concepts. Routledge, 2019.

HARTSHORNE, Richard. O conceito de Geografia como uma ciência do espaço, de Kant e Humboldt para Hettner. Caderno Prudentino de Geografia, v. 1, n. 28, p. 9-34, 2006.

HARVEY, David. Condição Pós-Moderna. São Paulo : Edições Loyola, 2002.

JANSSON, A. For a Geography Communication. Disponível em: www.ep.liu.se/ecp/015/. Acesso em: 10/02/2022.

KHAMIS, Susie; ANG, Lawrence; WELLING, Raymond. Self-branding,‘micro-celebrity’and the rise of Social Media Influencers. Celebrity studies, v. 8, n. 2, p. 191-208, 2017.

KOTLER, Philip. Marketing 4.0. Rio de Janeiro: Sextante, 2017.

LEFRÉBRE, H. La Produción del Espacio. Madrid : Capitán Swing Libros, 1974.

LIM, Xin Jean et al. The impact of social media influencers on purchase intention and the mediation effect of customer attitude. Asian Journal of Business Research, v. 7, n. 2, p. 19-36, 2017.

MACIEL, I.M,S., SILVA, B. Uso das Mídias Sociais como prática de pesquisa durante a crise do COVID-19. Anais do 43o Congresso Brasileiro da Ciência da Comunicação. Salvador : Intercom, 2020.

MOORE, Ieva. Cultural and Creative Industries concept–a historical perspective. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 110, p. 738-746, 2014.

MURRI, Rita et al. Social media as a tool for scientific updating at the time of COVID pandemic: Results from a national survey in Italy. Plos one, v. 15, n. 9, p. e0238414, 2020.

MORAES, A.C.R. (1990). Introdução. In: Ratzel. São Paulo : Editora Ática.

NICOLÁS, D. H. Tempo, espaço e apropriação social do território: rumo à fragmentação. Território, Globalização e Fragmentação. Org: Milton Santos, Maria Adélia A. de Souza, Maria Laura Silveira, São Paulo : HUCITECH/ANNABLUME, 2002

OLIVEIRA, Fátima Regis. Textos, texturas e intertextos: apontamentos sobre aprendizado e competência na comunicação digital. Intexto, n. 33, p. 209-224, 2015.
RAFFESTIN, Claude. Frontières. Cartes et Figures de la Terre, p. 412-421, 1980.
SANTOS, Milton. Há mesmo um espaço virtual. Disponível em: < http://reverbe.net/cidades/wp-content/uploads/2011/livros/Ha-mesmo-um-espacovirtual_Milton-Santos.pdf>Acesso em: 20/05/2021, v. 20, 2000.

SANTOS, Milton. A natureza do Espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2017.

_______, Milton. Técnica, Espaço e Tempo. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2013.

_______, Milton. Por uma outra Globalização. Rio de Janeiro: Record, 2011.

_______, Milton. Espaço do Cidadão. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2007.

_______, Milton. Há mesmo um espaço virtual. Disponível em: < http://reverbe.net/cidades/wp-content/uploads/2011/livros/Ha-mesmo-um-espacovirtual_Milton-Santos.pdf>Acesso em: 20/05/2021, v. 20, 2000.

_______, Milton. O período técnico-científico e os estudos geográficos. Revista do Departamento de Geografia, v. 4, p. 15-20, 1985.
SOUSA. P.V.B., Pensando o Mapeamento Participativo na Internet. Geografias da
Comunicação: espaço de observação de mídia e cultura. Org: Sônia Virgínia Moreira, São
Paulo : INTERCOM, 2012.

SOUZA, Maria Adélia Ap. Geografia e Planejamento: Uma estratégia espaço-tempo. Aula Magistral proferida como prova do Concurso para Professor Titular: Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP: São Paulo, 1995

COLUCCI, Danielle Gregole; SOUTO, Marcus Magno Meira. Espacialidades e territorialidades: conceituação e exemplificações. Revista Geografias, p. 114-127, 2011.

TIAGO, T.; VERÍSSIMO, J. Marketing and Social Media: Benefits and Ways Forward. In: INBAM 2013 Conference. 2013.

WOODFIELD, Kandy et al. Blurring the Boundaries? New social media, new social research: Developing a network to explore the issues faced by researchers negotiating the new research landscape of online social media platforms. NCRM e-prints (2013) Disponível em:
http://the-sra.org.uk/wp-content/uploads/salmons_woodfield.pdf
Google Scholar. Acessado em: 20 agosto 2021.

Downloads

Publicado

2022-02-25

Como Citar

MACIEL, I. M. S.; SILVA, B. C. da; MACIEL, R. A. da S. USO DAS MÍDIAS SOCIAIS COMO PRÁTICA DE PESQUISA NO MAPEAMENTO DO ECOSSISTEMA XR NO BRASIL. Revista GEMInIS, [S. l.], v. 12, n. 3, p. 242–266, 2022. DOI: 10.53450/10.53450/2179-1465.RG.2021v12i3p242-266. Disponível em: https://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/695. Acesso em: 18 abr. 2024.