A LITERATURA REMEDIADA NOS FILMES E SÉRIES SLASHER:

UMA ABORDAGEM INTERMIDIÁTICA

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53450/2179-1465.RG.2022v13i1p204-220

Palavras-chave:

intermidialidade, slasher movie, literatura em cinema e televisão

Resumo

o artigo se propõe a investigar os possíveis objetivos dos realizadores de filmes e séries slasher ao fazerem uso da literatura dentro de um subgênero tão essencialmente cinematográfico. Para tanto, serão analisados exemplos presentes em filmes como Halloween: a noite do terror e A hora do pesadelo e na série televisiva Scream. Tal investigação se relaciona com o estudo da intermidialidade, e é fundamentada pelos trabalhos de André Bazin, Lúcia Nagib, Jay David Bolter, Richard Grusin, Harold Bloom e Ágnes Pethö, além das pesquisas de autores que estudam o slasher movie, como Richard Nowell, Jim Harper e Carol J. Clover.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Eduardo Marchi, UFSCar

Graduado em Comunicação Social - Habilitação em Radialismo pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Mestre em Imagem e Som pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) na linha de Narrativa Audiovisual. Atua principalmente no tema cinema americano contemporâneo, especialmente cinema de terror. Foi roteirista das séries Boca a Boca (Netflix) e Marias (Sony), do programa Queimando a Língua (Jovem Nerd), da série de animação Sociedade da Virtude e da história em quadrinhos Bilhetes. Foi professor de roteiro no Instituto de Cinema e ministra seu próprio Curso de Roteiro para Cinema e TV.

Alessandro Constantino Gamo, USFCar

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1994), Mestrado em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (2000) e Doutorado em Multimeios pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Atualmente é Professor Associado no Departamento de Artes e Comunicação (DAC) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), onde atua no curso de Imagem e Som e no Programa de Pós-Graduação de Imagem e Som (PPGIS). Lidera, com o Prof. Dr. Arthur Autran Franco de Sá Neto, o Grupo de Pesquisa "Cinema e Audiovisual na América Latina: Economia e Estética". Desenvolve pesquisas sobre História do Cinema Brasileiro, Cinema Latino-Americano e sobre Documentário. Foi um dos autores do livro 'Nova História do Cinema Brasileiro' (org. Fernão Ramos e Sheila Schvarzman, Ed. SESC, 2018). É diretor e roteirista de documentários. Dirigiu os documentários O Catedrático do Samba (1999, co-dir. Noel Carvalho), O Galante Rei da Boca (2004, co-dir. Luis Rocha Melo), Descobrindo Waltel (2005), República (2011, co-direção Eugenio Puppo) e Erlon Chaves - O Maestro do Veneno! (2018).

Downloads

Publicado

2022-04-29

Como Citar

MARCHI, M. E.; GAMO, A. C. A LITERATURA REMEDIADA NOS FILMES E SÉRIES SLASHER:: UMA ABORDAGEM INTERMIDIÁTICA. Revista GEMInIS, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 204–220, 2022. DOI: 10.53450/2179-1465.RG.2022v13i1p204-220. Disponível em: https://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/548. Acesso em: 29 maio. 2022.