AS DIVERSAS VOZES NOS ESTUDOS DA NARRATIVA CLÁSSICA PARA O ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53450/2179-1465.RG.2021v12i2p7-27

Palavras-chave:

cinema, narrativa clássica, Charlie Kaufman

Resumo

A partir dos anos 1980, proliferaram vários estudos sobre roteiro com o intuito de orientar a criação de histórias com apelo popular. Publicações bastante influentes foram escritas por autores como Syd Field, Blake Snyder, Robert McKee e Christopher Vogler, além de roteiristas como Paul Schrader, David Mamet e Jill Chamberlain. Essas diferentes vozes concordam e divergem ao analisar aspectos que compõem um roteiro. A elas juntaram-se roteiristas que subvertiam conceitos desses estudos, abrindo novas possibilidades. Esse artigo pretende analisar diferentes conceitos acerca dessas teorias demonstrando como Charlie Kaufman, um roteirista reconhecido por sua criatividade, os aplica em seu trabalho.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos De Bona de Carvalho, Universidade Tuiuti do Paraná

Mestre em Comunicação e Linguagens, Estudos de Cinema e Audiovisual - Universidade Tuiuti do Paraná. Especialização em Cinema com Ênfase em Produção - FAP/UNESPAR. Especialização em Marketing - FAE Business School. Bacharel em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda - PUCPR (2001). Integrante do GP CIC-CNPq (parceria CIAC, Portugal) e do Projeto Plataformas NPPA.

 

Denize Araujo, Universidade Tuiuti do Paraná

Denize Araujo PhD   Comp Lit, Cinema & Artes UCR - University of California, Riverside-USA; Pós Doutorado Cinema e Artes UAlg - Universidade do Algarve-Portugal; Master´s in Cinema ASU - Arizona State University-USA; Docente PPGCom e Coordenadora Pós Cinema UTP - Universidade Tuiuti do Paraná-BR; Coordenadora GP CIC-CNPq (parceria CIAC, Portugal) e NPPA - Núcleo de Pesquisa e Produção Audiovisual UTP-BR; Head TF-Task Force Inter/Actions-IAMCR; Chair VIC-Visual Culture WG, Member IC, PC & SRC-IAMCR; Curadora do FICBIC - Festival de Cinema da Bienal Internacional de Arte de Curitiba-BR, do BRICS e do Animatiba Festival Internacional de Cinema de Animação de Curitiba-BR; Diretora do Clipagem - Centro de Cultura Contemporânea, Curitiba-BR.  

Referências

BORDWELL, David. O cinema clássico hollywoodiano: normas e princípios narrativos. In: RAMOS, Fernão Pessoa (org.) Teoria Contemporânea do Cinema, volume II. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2005. p. 277-301.

CHAMBERLAIN, Jill. 8 Elements Of The Nutshell Technique (Story Structure) - Jill Chamberlain. EUA, 2019a. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=8oTZ_9nLjSQ&t =173s> Acesso em: 12 out. 2020.

_________. The Nutshell Technique: Crack the Secret of Successful Screenwriting - Jill Chamberlain. EUA, 2019b. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v= Wwh6P34MpLI&list=PLez8jOvskc-PPqF5ZVdL8wxZPatraHdYe&index=12> Acesso em: 12 out. 2020.

DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. Mil Platôs: capitalismo e esquizofrenia. Vol 1. São Paulo: Editora 34, 1995.

KAUFMAN, Charlie. Being John Malkovich. EUA, 1999. Disponível em: <https:// industrialscripts.com/being-john-malkovich-script/> Acesso em: 17 fev. 2020.

_________. Adaptation. EUA, 2002. Disponível em: <https://www.scriptslug.com/script/ adaptation-2002> Acesso em: 17 fev. 2020.

_________. Eternal Sunshine of the Spotless Mind. EUA, 2003. Disponível em: <https:// screenplayed.film/s/eternal_sunshine_of_the_spotless_mind.pdf> Acesso em: 17 fev. 2020.

MAMET, David. Três usos da faca: sobre a natureza e a finalidade do drama. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

MCKEE, Robert. Story: Substância, Estrutura, Estilo e os Princípios da Escrita de Roteiro. Curitiba: Arte & Letra, 2006.

NASIOTIS, Eleni. Dr. Chandra, Will I Dream? Surreal Art and Artificial Intelligence. Tese (Honors Program) – Baylor University. Waco, Texas. 2019.

VOGLER, Christopher. A Jornada do Escritor: Estrutura Mítica para Escritores. São Paulo, Aleph, 2015.

FILMOGRAFIA

ADAPTAÇÃO. Direção de Spike Jonze. EUA: Intermedia, 2002. 1 DVD (115 min.).

ANOMALISA. Direção de Charlie Kaufman e Duke Johnson. EUA: Paramount Animation, 2015. 1 DVD (90 min.).

BRILHO eterno de uma mente sem lembranças. EUA: Focus Features, 2004. 1 DVD (108 min.).

ERA uma vez em… Hollywood. Direção de Quentin Tarantino. EUA: Columbia Pictures, 2019. 1 DVD (201 min.).

ESTOU pensando em acabar com tudo. Direção de Charlie Kaufman. EUA: Likely Story, 2020. Streaming (134 min.).

O COZINHEIRO, o Ladrão, sua Mulher e o Amante. Direção de Peter Greenaway. Reino Unido: Allarts, 1989. 1 DVD (124 min.).

QUERO ser John Malkovich. Direção de Spike Jonze. EUA: Astralwerks, 1999. 1 DVD (113 min.).

SINÉDOQUE, Nova York. Direção de Charlie Kaufman. EUA: Sidney Kimmel Entertainment, 2008. 1 DVD (124 min.).

Downloads

Publicado

2021-11-04

Como Citar

DE CARVALHO, M. D. B.; ARAUJO, D. AS DIVERSAS VOZES NOS ESTUDOS DA NARRATIVA CLÁSSICA PARA O ROTEIRO CINEMATOGRÁFICO. Revista GEMInIS, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 7–27, 2021. DOI: 10.53450/2179-1465.RG.2021v12i2p7-27. Disponível em: https://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/590. Acesso em: 29 maio. 2022.

Edição

Seção

Dossiê - Desafios, tendências e pesquisas. Roteiros Audiovisuais