O Mercado Cinematográfico Brasileiro e a Aliança entre o Global e o Local

Autores

  • Marcelo Ikeda UFF

Palavras-chave:

Indústria Cinematográfica, Política cinematográfica, Lei do Audiovisual, Globo Filmes

Resumo

A indústria cinematográfica vem passando por processos de transformação, associados às transformações nos modos de produção e consumo do capitalismo contemporâneo, com a formação de grandes conglomerados globais. O trabalho proposto pretende investigar o impacto desses processos na produção cinematográfica brasileira do novo século, mostrando exemplos em que a ação local existe não como afirmação da identidade local, mas apenas como estratégia de consolidação do global no local. Para tanto, examinaremos como, no caso brasileiro, a partir de meados dos anos noventa, a crescente presença dos conglomerados globais na produção e distribuição de conteúdos cinematográficos brasileiros está calcada tanto no apoio de uma política estatal (o Art. 3º da Lei do Audiovisual) quanto na aliança com o maior grupo de mídia local (a criação da Globo Filmes).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-18

Como Citar

IKEDA, M. O Mercado Cinematográfico Brasileiro e a Aliança entre o Global e o Local. Revista GEMInIS, [S. l.], v. 3, n. 2, p. 69–82, 2012. Disponível em: https://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/113. Acesso em: 10 ago. 2022.