PÓS-MODERNIDADE, MEIOS DE COMUNICAÇÃO E A INCERTEZA NA SOCIEDADE DO CANSAÇO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.53450/2179-1465.RG.2021v12i2p394-409

Palavras-chave:

Meios de Comunicação, Pós-modernidade, Incerteza, Sociedade do cansaço, Cultura

Resumo

Pretende-se observar nesse artigo a sociedade pós-moderna, partindo da hipótese que as sensações de cansaço e incerteza estão relacionadas ao uso dos meios de comunicação e a um processo direto de alienação. Levando-se em consideração essa hipótese, busca-se compreender como esses fenômenos contemporâneos são influenciados pelo uso dos meios de comunicação. Nesse artigo afirma-se, também, que essas sensações de cansaço e de incerteza presentes na Pós- modernidade influenciam no aumento dos discursos fundamentalistas, que se disseminam pelos meios de comunicação. Dessa forma trata-se de uma pesquisa exploratória, baseada em um levantamento bibliográfico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricio Dugnani, Universidade Presbiteriana Mackenzie

Doutor em Comunicação e Semiótica PUC/SP, Mestre em Comunicação e Semiótica PUC/SP e Bacharel em Artes Plásticas pela Unesp. Professor nas áreas de Comunicação e Artes da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Professor de Artes do Colégio Giordano Bruno. Pesquisador do Grupo de pesquisa Observatório da Imagem e pesquisador no grupo de pesquisa (CNPQ) Linguagem, sociedade e identidade: estudos sobre a mídia, da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Autor e Ilustrador com os seguintes livros publicados: A Herança Simbólica na Azulejaria Barroca (2012).  O Livro dos Labirintos (2004). Ovelhas e Lobos (2002), Beleléu (2003/ PNLD 2004), O Seu Lugar (2005/ PNLD 2006), Um Mundo Melhor (2006), Beleléu e os Números (2009), Beleléu e as Cores (2010), Beleléu e as Formas (2011), Beleléu e as Palavras (2014), O que é preciso para voar (2020). Pesquisador e Autor de artigos científicos das áreas de Comunicação, Sociologia Aplicada, Artes e Semiótica.

Referências

ARENDT, H. A Condição Humana. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007.
BARTHES, R. Mitologias. Rio de Janeiro: Bertrand, 1999.
___________. O Rumor da Língua. São Paulo: Martins Fontes, 2004.
BAUMAN, Z. Retrotopia. Rio de Janeiro: Zahar, 2017.
___________. O Mal-estar da Pós-Modernidade. Rio de Janeiro, RJ: Zahar, 1998.
DUGNANI, L. A. Cruz; SOUZA, V. L. T. de. Psicologia e Gestores Escolares: mediações estéticas e semióticas promovendo ações coletivas. Estud. psicol. (Campinas), Campinas, v. 33, n. 2, p. 247-259, June 2016. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103- 166X2016000200247&lng=en&nrm=iso>. Acesso em 29/05/2018.
EAGLETON, T. As Ilusões do Pós-modernismo. Rio de Janeiro: Zahar, 1998.
HALL, S. A Identidade Cultural na Pós-Modernidade. Rio de Janeiro, DP&A, 2004.
HAN, B. Sociedade do Cansaço. Petropolis: Vozes, 2015.
JENKINS, H. A Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2009.
LIPOVETSKY, G. & SERROY, J. A Estetização do Mundo: viver na era do capitalismo artista. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.
LIPOVETSKY, G. A Felicidade Paradoxal. São Paulo: Companhia das Letras. 2007.
LYOTARD, J. A Condição Pós-moderna. Rio de Janeiro: José Olympio, 2000.
MCLUHAN, M. Os Meios de Comunicação como Extensões do Homem. Cultrix: São Paulo, 1996.
STRINATI, D. Cultura Popular. São Paulo: Hedra, 1999.
TOFFLER, A. A Terceira Onda. Rio de Janeiro: Record, 1980.

Downloads

Publicado

2021-11-04

Como Citar

DUGNANI, P. PÓS-MODERNIDADE, MEIOS DE COMUNICAÇÃO E A INCERTEZA NA SOCIEDADE DO CANSAÇO. Revista GEMInIS, [S. l.], v. 12, n. 2, p. 394–409, 2021. DOI: 10.53450/2179-1465.RG.2021v12i2p394-409. Disponível em: https://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/524. Acesso em: 29 maio. 2022.