Tavares, D. e Pinto, R. (2013) “Justin Bieber, do doc ao Instagram: a estetização da vid”a, Revista GEMInIS, 4(2), p. 134-151. Disponível em: http://www.revistageminis.ufscar.br/index.php/geminis/article/view/150 (Acessado: 8dezembro2019).