Os media sociais. Uma ferramenta marcante a “custo zero”

  • Pedro Correia Universitat de Vic
Palavras-chave: Marketing, media sociais, segmentação, marketing mix, comunidades

Resumo

Os princípios base do marketing e da gestão continuam válidos  nos media sociais, nas  actividades de segmentação e correlação do marketing mix, na gestão do potencial  económico dos meios sociais virtuais e na sua capacidade de reduzir a ineficiência e intermediários.No entanto, é notoriamente importante ouvir e responder às necessidades dos clientes, saber discernir o que é verdadeiramente mais importante e indicado para os mesmos, fazer perguntas e constantes ajustamentos até fazer o “match” das necessidades do segmento e o marketing mix; aceitar que os melhores clientes são, muitas vezes, capazes de publicitar melhor o produto do que a empresa; sendo vantajoso para todos aproveitar algumas das suas ideias.Ao optarmos pela inovação na base das  nossas acções estamos a evitar o seguidismo e a cópia de modelos de negócio que foram bem sucedidos e são explorados pelos nossos competidores. O custo não deve ser um  travão, com criatividade e soluções inovadoras é possível contornar limitações orçamentais, pelo que a internet acaba por ser uma das melhores armas à disposição das PMEs.

Biografia do Autor

Pedro Correia, Universitat de Vic
Membro do GRID (Universitat de Vic). Mestrado em Ciências Empresariais (ISEG, Universidade Técnica de Lisboa).

Referências

Godin, S. (2008). Tribes, Piatkus Books

Hitt, M. e Hoskisson, R., Ireland, R., (2007) Management of Strategy, Thomson Higher Education.

Kotler, P., Keller, K., Brady, M., Goodman, M. e Hansen, T. (2009). Marketing Management, Pearson Education Limited

Qualman, E. (2009). Socialnomics: How Social Media transforms the way we live and do business, Wiley Publishing, Inc.

Tapscott, D., e Williams, A., (2008), Wikinomics: How mass collaboration changes everything, Atlantic Books

Como Citar
CORREIA, P. Os media sociais. Uma ferramenta marcante a “custo zero”. Revista GEMInIS, v. 2, n. 1, p. 271-292, 11.