NÍVEIS DE ENGAJAMENTO NAS NARRATIVAS DO PRODUCT PLACEMENT A PARTIR DAS ESTRATÉGIAS TRANSMÍDIA

  • Aline Rebeca Amorim Rodrigues da Cunha Sobral UNINASSAU
  • Rogério Luiz Covaleski UFPE
Palavras-chave: Product placement, Telenovela, Narrativa transmídia, Engajamento, Publicidade

Resumo

A união da publicidade às telenovelas ganha novas oportunidades de expansão e engajamento do público a partir de narrativas transmídia. Esta pesquisa se embasa nos conceitos de cultura participativa e narrativas transmídia (JENKINS, 2009), product placement (PALACIOS,2010) e publicidade híbrida (COVALESKI, 2010), objetivando compreender as estratégias publicitárias para o engajamento do público. Foram utilizados exemplos de product placement transmídia inseridos em telenovelas, a partir dos métodos de pesquisa bibliográfica e análise de conteúdo. Verificou-se que as estratégias transmídia utilizadas nas inserções publicitárias em telenovelas buscam influenciar a percepção das marcas pelo público em diferentes níveis de engajamento, a depender dos objetivos marcários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Rebeca Amorim Rodrigues da Cunha Sobral, UNINASSAU
Mestra em Comunicação pela UFPE, pesquisadora no Grupo de Pesquisa "Publicidade híbrida e narrativas de consumo" e professora nas instituições UNINASSAU, UNIBRA e Faculdade Santa Helena.
Rogério Luiz Covaleski, UFPE
Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, com pós-doutoramento pela Universitat Pompeu Fabra (Barcelona). É autor dos livros “Cinema, publicidade, interfaces” (2009), “Publicidade híbrida” (2010), entre outros. Coordena o Grupo de Pesquisa "Publicidade híbrida e narrativas de consumo". É professor permanente do Programa de Pós-graduação em Comunicação da Universidade Federal de Pernambuco.

Referências

ANDRADE, Ana Elis Nogueira de Magalhães; CIRELLI, Renira Appa. Polifonia em slogans. Letra Magna, ano 2, n.2. 2005. Disponível em: acesso em: 06 janeiro 2017.

BACCEGA, Maria Aparecida. Comunicação e Consumo. In: CITELLI, Adilson; et al.(Orgs.). Dicionário de Comunicação: escolas teorias e autores. São Paulo: Contexto, 2014.

CARVALHO, Nelly de. Publicidade: a linguagem da sedução. São Paulo: Ática, 1996.

COVALESKI, Rogério. Idiossincrasias Publicitárias. Curitiba: Maxi Editora, 2013.

COVALESKI, Rogério. Publicidade híbrida. Curitiba: Maxi Editora, 2010.

DONATON, Scott. Publicidade + entretenimento: por que estas duas indústrias precisam se unir para garantir a sobrevivência mútua. Trad. de Álvaro Oppermann. São Paulo: Cultrix, 2007.

FECHINE, Yvana. Transmidiação como modelo de produção: uma abordagem a partir de estudos da televisão e de linguagem. In: MASSAROLO, João; SANTAELLA, Lúcia; NESTERIUK, Sérgio (Orgs.). Desafios da transmídia: processos e poéticas. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2018.

FIORIN, José Luiz. Elementos de análise do discurso. São Paulo: Contexto, 2006.


JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. Trad. de Susana Alexandria. 2.ed. São Paulo: Aleph, 2009.

LOPES, Maria Immacolata Vassalo de. Narrativas televisivas e identidade nacional: o caso da telenovela brasileira. Disponível em: Acesso em: 13 jul 2018.

LOPES, Maria Immacolata Vassalo de. Telenovela como recurso comunicativo. Matrizes (USP Impresso), v.3, p. 21-48, 2009. Disponível em: < obitelbrasil.blogspot.com.br/publicações.html > Acesso em: 27 jul 2017.

MARTINS, Jorge S.. Redação Publicitária: teoria e prática. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

PALLOTTINI, Renata. Dramaturgia de televisão. 2.ed. São Paulo: Perspectiva, 2012.

PEREIRA JÚNIOR, José Maria Mendes; COVALESKI, Rogério. Regimes de interação em uma narrativa da repercussão: O Boticário, os “Casais”, Malafaia e “eu”. Revista Observatório. Palmas, V.4, N.2. P. 847-869, abr – jun, 2018. Disponível em: Acesso em: 25 mai 2018.

PEREZ, Clotilde. Signos da Marca: expressividade e sensorialidade. São Paulo: Poneira Thomson Learning, 2004.

PALACIOS, Fernando. Transmedia storytelling. São Paulo: ESPM, 2010.

SANTAELLA, Lucia; NÖTH, Winfried. Estratégias semióticas da publicidade. São Paulo: Cengage Learning, 2010.

SANTA HELENA, Raul; PINHEIRO, Antônio Jorge Alaby. Muito além do merchan! Como enfrentar o desafio de envolver as novas gerações de consumidores. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

SIQUEIRA, Olga Santos; BRONSZTEIN, Karla Patriota. Jogos sociais e publicidade: refletindo sobre os quatro níveis de engajamento digital do consumidor. Culturas Midiáticas, Ano VIII, n. 14 – jan-jul, 2015. Disponível em: < http://periodicos.ufpb.br/index.php/cm/article/view/24711> Acesso em: 21 mar 2019.

SHIRKY, Clay. A Cultura da Participação: criatividade e generosidade no mundo conectado. Trad. de Celina Portocarrero. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

TRINDADE, Eneus. Merchandising televisivo: tie-in. In: PEREZ, Clotilde; BARBOSA, Ivan Santo (Orgs.). Hiperpublicidade: fundamentos e interfaces. V. 1. São Paulo: Thomson Learning, 2007.
Publicado
2019-09-26
Como Citar
SOBRAL, A. R.; COVALESKI, R. NÍVEIS DE ENGAJAMENTO NAS NARRATIVAS DO PRODUCT PLACEMENT A PARTIR DAS ESTRATÉGIAS TRANSMÍDIA. Revista GEMInIS, v. 10, n. 2, p. 120-136, 26 set. 2019.