COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA NO FUTEBOL BRASILEIRO: ESTUDO SOBRE OS CAMPEÕES NACIONAIS DE 2018 NA COPA LIBERTADORES 2019

  • Fernando Jesus da Rocha Universidade da Beira Interior
  • Fábio Giacomelli Universidade da Beira Interior
Palavras-chave: Comunicação, estratégia, futebol, transmedia storytelling, loop dialógico

Resumo

Este estudo consiste em uma análise da comunicação estratégica das redes sociais - Facebook, Twitter, Instagram e Youtube - nas contas oficiais da Sociedade Esportiva Palmeiras e do Esporte Clube Cruzeiro, durante os três dias que antecederam a sua estreia na Copa Libertadores da América edição 2019. Utilizou-se, para isso, a metodologia de análise de conteúdo (BARDIN, 1977). O objetivo foi identificar, a partir desse corpus, o uso da transmídia storytelling como recurso estratégico digital, definido a partir de parâmetros concebidos por Henry Jenkins (2009), além da utilização do loop dialógico, conceito de Kent e Taylor (1998), para a comunicação e feedback junto aos seus públicos. A partir dos resultados obtidos, pensa-se que este estudo pode contribuir para a discussão, aprimoramento e otimização da utilização das plataformas digitais e estratégias de comunicação dos clubes de futebol brasileiros.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Jesus da Rocha, Universidade da Beira Interior
Administrador (Cesuca). Pós-Graduado em Comunicação e Marketing (Senac) e mestrando em Comunicação Estratégica - Publicidade e Relações Públicas, na Universidade da Beira Interior
Fábio Giacomelli, Universidade da Beira Interior
Jornalista (UNIPAMPA). Mestre em Jornalismo (UBI, Portugal) e doutorando em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior. Pesquisador associado ao LabCom.IFP - Laboratório de Comunicação Online da UBI.

Referências

ALCOBA, Antonio. Deporte y comunicación. Madrid, Dirección General de Deportes de la Comunidad Autónoma de Madrid: Caja de Ahorros y Monte Piedad de Madrid, 1987.
BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa: Edições, v. 70, p. 125-132, 1977.
BAUMAN, Zygmunt; PENCHEL, Marcus. Globalização: as conseqüências humanas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1999.
BOURDAA, Mélanie. ‘Following the pattern’: the creation of an encyclopaedic universe with transmedia storytelling. Adaptation, v. 6, n. 2, p. 202-214, 2013.
CANAVILHAS, João Manuel Messias. Webnoticia: propuesta de modelo periodístico para la WWW. Livros LabCom, 2007.
CASTELLS, Manuel et al. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 2007.
CONMEBOL - Confederação Sulamericana de Futebol, disponível em http://www.conmebol.com/pt-br/copa-libertadores-2015-pt/historia, acessado dia 10 de abril de 2019.
DIGEL, Helmut et al. Sport in a changing society: sociological essays. Verlag Karl Hofmann, 1995.
EC CRUZEIRO, disponível em https://www.cruzeiro.com.br/, acessado em 10 de abril de 2019.
FERNÁNDEZ COLLADO, Carlos; GALGUERA GARCÍA, Laura. La comunicación humana en el mundo contemporáneo. McGraw Hill,, 2008.
GAMBARATO, Renira Rampazzo; ALZAMORA, Geane Carvalho; TÁRCIA, Lorena Péret Teixeira. Russian news coverage of the 2014 Sochi Winter Olympic Games: A transmedia analysis. International Journal of Communication, v. 10, p. 24, 2016.
GONÇALVES, Gisela; ELIAS, Herlander. Comunicação estratégica. Um jogo de relações e aplicações. Comunicação digital, p. 133, 2013.
FIDALGO, António & CANAVILHAS, João (org.), Comunicação digital. 10 anos de investigação. Coimbra: MinervaCoimbra. 2013
GONÇALVES, Gisela. Relações Públicas Políticas: raízes, desafios e aplicações. Comunicação e Sociedade, v. 26, p. 90-98, 2014.
GRUNIG, James E. Paradigms of global public relations in an age of digitalisation. PRism, v. 6, n. 2, p. 1-19, 2009.
ILHAN, Behice E. Transmedia consumption experiences: consuming and co-creating interrelated stories across media. 2011. Tese de Doutorado. University of Illinois at Urbana-Champaign.
IBGE, Instituto Brasileiro de Goegrafia e Estatística. Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, 2016. Acessado em 09 de abril de 2019.
JENKINS, Henry. Cultura da convergência. Aleph, 2009.
JENKINS, Henry. The revenge of the origami unicorn: Seven principles of transmedia storytelling. Confessions of an aca-fan, v. 12, 2009. Acessado em 28 de abril de 2019. Disponível em http://henryjenkins.org/blog/2009/12/the_revenge_of_the_origami_uni.html
KENT, Michael L.; TAYLOR, Maureen. Building dialogic relationships through the World Wide Web. Public relations review, v. 24, n. 3, p. 321-334, 1998.
KUNSCH, Margarida M. Krohling et al. Planejamento e gestão estratégica de relações públicas nas organizações contemporâneas. Anàlisi: quaderns de comunicació i cultura, n. 34, p. 125-139, 2006.
L’ETANG, Jacquie. Public relations and sport in promotional culture. Public Relations Review, v. 32, n. 4, p. 386-394, 2006.
MONTEIRO, David. Comunicação 2.0-Como o poder da web influencia decisões e desafia modelos de negócio. Leya, 2018.
NEWMAN, T. et al. Introduction to principles of sport communication, marketing, and social media. Social Media in Sport Marketing. Arizona, USA: Holcomb Hathaway Publishers, 2013. PEREIRA, Jovino Alberto Oliveira; SALVADOR, Bahia. Futebol, de esporte amador a negócio de entretenimento e lazer em uma sociedade midiatizada. 2003. Tese de Doutorado. Dissertação de Mestrado). Escola de Administração, Universidade Federal da Bahia-UFBA, Salvador, BA, Brasil.
RECUERO, Raquel; ZAGO, Gabriela. Em busca das “redes que importam”: redes sociais e capital social no Twitter. LÍBERO. ISSN impresso: 1517-3283/ISSN online: 2525-3166, n. 24, p. 81-94, 2016.
DA ROCHA, Cláudio Miranda; DA CUNHA BASTOS, Flávia. Gestão do esporte: definindo a área. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 25, p. 91-103, 2011.
SANCHEZ, Carmen Costa et al. Nuevas narrativas audiovisuales: multiplataforma, crossmedia y transmedia. El caso de Águila Roja (RTVE). Revista ICONO14 Revista científica de Comunicación y Tecnologías emergentes, v. 10, n. 2, p. 102-125, 2012.
SCOLARI, Carlos Alberto et al. Transmedia storytelling: Implicit consumers, narrative worlds, and branding in contemporary media production. 2009.
SCOLARI, Carlos A. Media ecology: Exploring the metaphor to expand the theory. Communication theory, v. 22, n. 2, p. 204-225, 2012.
SE Palmeiras, disponível em http://www.palmeiras.com.br/, acessado em 10 de abril de 2019.
SCOLARI, Carlos Alberto et al. The Barcelona mobile cluster: Actors, contents and trends. 2009. Disponível em: https://online-journals.org/index.php/i-jim/article/view/814/951 . Acesso em: 27 mar. 2019.
VERGARA, Sylvia Constant. Métodos de pesquisa em administração. Atlas, 2005. VON STACKELBERG, Peter; JONES, Ruth Eira. Tales of our tomorrows: Transmedia storytelling and communicating about the future. Journal of Futures Studies, v. 18, n. 3, p. 57-76, 2014.
Publicado
2019-09-26
Como Citar
ROCHA, F.; GIACOMELLI, F. COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA NO FUTEBOL BRASILEIRO: ESTUDO SOBRE OS CAMPEÕES NACIONAIS DE 2018 NA COPA LIBERTADORES 2019. Revista GEMInIS, v. 10, n. 2, p. 137-159, 26 set. 2019.