BANDERSNATCH

UM ESTUDO EXPLORATÓRIO SOBRE O CONSUMO MIDIÁTICO AUDIOVISUAL E A CULTURA DA CONVERGÊNCIA

  • Juliane Vicente Lopes UFRGS
  • Elisa Reinhardt Piedras
Palavras-chave: consumo midiático, audiovisual, cultura da convergência, público, Black Mirror: Bandersnatch

Resumo

O presente artigo é uma análise das interações do público com a narrativa Bandersnatch. Ametodologia de abordagem qualitativa tem o viés exploratório, com pesquisa bibliográfica e estudoempírico por meio da observação de postagens na plataforma Facebook. Este artigo tem como objetivocompreender as práticas do público no ambiente digital a partir dos resultados encontrados na etapaexploratória. O referencial teórico concentra-se na cultura da convergência e no consumo midiáticocomo alicerces conceituais. Por fim, os resultados da análise geral são: as tipologias das postagens, osformatos, as temáticas emergentes e os perfis de público.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Juliane Vicente Lopes, UFRGS
Mestranda em Comunicação e Informação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bolsista Capes. Especialista em Teoria e Prática na Formação do Leitor pela Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS). Graduada em Letras - Língua Inglesa e suas respectivas Literaturas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Professora de Língua Inglesa, Portuguesa, Redação e Literatura.  Mestranda no Projeto de Pesquisa “Especificidades da recepção da publicidade: como são feitos e o que dizem os estudos brasileiros recentes sobre a relação do público com esse gênero. Membro do grupo de pesquisa "Tecnologia e Ficção" vinculado à Escola de Humanidades da PUCRS. Escritora publicada em antologias e coletâneas pelas editoras: Editora Zouk, Editora Quilombhoje, Elemental Editoração, Editora Metamorfose, Editora Diário Macabro, ASES e Editora Cartola.
Elisa Reinhardt Piedras
Graduada em Comunicação Social/Publicidade e Propaganda pela Universidade Católica de Pelotas (2002) e em Artes Visuais/Design Gráfico pela Universidade Federal de Pelotas (2003). Mestre em Comunicação e Informação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2005), pesquisando “A articulação da publicidade com o mundo social: a constituição do fluxo publicitário nas práticas de produção e de recepção”; foi bolsista da Capes. Doutora em Comunicação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2007), desenvolvendo tese sobre “Publicidade, imaginário e consumo: anúncios no cotidiano feminino”. Realizou intercâmbio na Universidad de Extremadura / Espanha na área de Design (2002), com bolsa da AECI; e Estágio de Doutorado no Exterior na Universidade Paris V - Sorbonne (2007), com bolsa da Capes. Professora do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e do Departamento de Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Coordena o Projeto de Pesquisa “Especificidades da recepção da publicidade: como são feitos e o que dizem os estudos brasileiros recentes sobre a relação do público com esse gênero.

Referências

CANCLINI, N. G. El consumo cultural: una propuesta teórica. In. SUNKEL, G. (org.). El consumo cultural en América Latina: Construcción teórica y líneas de investigación. 2ª ed, Bogotá: Convênio Andrés Bello, 2006, 72 - 95
CANCLINI, Néstor Garcia. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp, 1997.
DUARTE, Jorge; BARROS, Antonio (Orgs.). Métodos e técnicas de pesquisa em comunicação. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2015. 380 p.
ESCOTESGUY, Ana Carolina D. Cartografias dos Estudos Culturais - Uma versão latino-americana. Belo Horizonte: Autêntica.2001. 240p.
ESCOSTEGUY, Ana Carolina D. & JACKS, Nilda. Comunicação e recepção. São Paulo: Hacker Editores, 2005.127p.
JACKS, N; TOALDO, M. Consumo Midiático: uma especificidade do consumo cultural, uma antessala para os estudos de recepção. In: Regiane Ribeiro. (Org.). Jovens, consumo e convergência midiática. 1ed.Curitiba: Editora UFPR, 2017, v. 1, p. 19-29.
JENKINS, Henry. Cultura da Conexão. São Paulo: Aleph, 2017.
JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo: Aleph, 2009.
LOPES, Maria Immacolata Vassalo de. Pesquisa em Comunicação.10.ed. São Paulo: Edições Loyola, 2010.171p.
ROSSINI, M; RENNER, A. Nova cultura visual? Netflix e a mudança no processo de produção, distribuição e consumo do audiovisual. In. Anais XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – Rio de Janeiro, 2015. Disponível em http://portalintercom.org.br/anais/nacional2015/resumos/R10-2972-1.pdf
Publicado
2019-09-26
Como Citar
VICENTE LOPES, J.; REINHARDT PIEDRAS, E. BANDERSNATCH. Revista GEMInIS, v. 10, n. 2, p. 27-53, 26 set. 2019.
Seção
Dossiê Especial - Cocriação de conteúdo transmídia sulamericano