Arte, Educação e Tecnologia: experiências Educativas

  • Rosângela Aparecida da Conceição Unesp
Palavras-chave: Arte e tecnologia, educação, novas mídias, experiências educativas, contemporaneidade, educação não-formal

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar experimentos realizados no ensino da arte integrado às novas tecnologias, vislumbrando a articulação e interação entre os campos da Arte, Tecnologia e Educação. Desta forma, serão apresentados os resultados e a avaliação das oficinas, bem como sua estrutura metodológica e a problematização a partir das questões surgidas.  

Biografia do Autor

Rosângela Aparecida da Conceição, Unesp
Instituto de Artes da Unesp, mestranda em Artes Visuais, linha de pesquisa Processos e Procedimentos artísticos, sob orientação da profª drª Rosangella Leote. Membro dos grupos de pesquisa cAt – ciência/Arte/tecnologia – IA-Unesp/CNPq, liderado pelo prof. dr. Milton T. Sogabe (IA-Unesp) e prof. dr. Fernando Fogliano (SENAC-SP) e do GIIP (Grupo Internacional e Interinstitucional de Pesquisa em Convergências Arte, Ciência e Tecnologia) – IA-Unesp/CNPq, liderado pela profª drª Rosangella Leote.E-mail: rosangelaap@gmail.com.

Referências

ARANTES, Priscila. @rte e mídia: perspectivas da estética digital. São Paulo: Senac São Paulo, c2005.

BARBOSA, Ana Mae (org). Arte-educação: leitura no subsolo. São Paulo: Cortez, 1997.

______ (org). Inquietações e mudanças no ensino da arte. São Paulo: Cortez, 2002.

CARMO, João Clodomiro do; Teixeira, João Fernandes; Benatton, Jocelyn. O que é informática; O que é inteligência artificial; O que é cibernética. São Paulo: Círculo do Livro, 1993. (Coleção Primeiros passos, 22)

COUCHOT, Edmond. A tecnologia na arte: da fotografia a realidade virtual. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2003.

DOMINGUES, Diana (org). Arte e vida no século XXI: tecnologia, ciência e criatividade. Arte, Educação e Tecnologia: experiências Educativas • Rosângela Aparecida da Conceição São Paulo: Editora da UNESP, 2003.

______. Arte no século XXI: a humanização das tecnologias. São Paulo: Fundação

Editora da Unesp, 1997.

FERRAZ, Maria H.C. de T.; Rezende e Fusari, Maria F. de. Metodologia do ensino de arte. São Paulo: Cortez, 1999.

FERREIRA, Anise A. G. D’orange. O métier do professor no contexto digital. In: SOTO, Ucy; MAYRINK, Mônica Ferreira; GREGOLIN, Isadora Valencise. Linguagem, educação e virtualidade: experiências e reflexões. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. p. 53-67. Disponível em: <http://www.culturaacademica.com.br/downloads/%7B7FB2BEA6-

-432A-803B-B4C1AC031230%7D_Linguagem_educacao_e_virtualidade-BxRes.pdf>. Acesso em: 01 fev. 2011.

FERREIRA, Aurora. Arte, tecnologia e educação: as relações com a criatividade. São Paulo: Annablume, 2008.

FLUSSER, Vilém. O universo das imagens técnicas: elogio da superficialidade. São Paulo: Annablume, 2008. (Coleção Comunicações).

GIANETTI, Claudia. Estética digital: sintopia da arte, a ciência e a tecnologia. Tradução Maria Angélica Melendi. Belo Horizonte: C/Arte, 2006.

LEOTE, Rosangella. Considerações sobre arte e tecnologia. In: Ramos, Stella; Löbel, Thelma Azevedo. Arte e tecnologia. São Paulo: Caixa Cultural, 2010 (Encontros Arte Contemporânea e Educação).

LÉVY, Pierre. Cibercultura: relatório para o conselho da Europa no quadro do projecto “Novas tecnologias: cooperação cultural e comunicação”. Trad. José Dias Ferreira. Lisboa : Instituto Piaget, 2000.

______. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Tradução de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 1996. (Coleção TRANS).

______. O que é virtual? Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Editora 34, 1996. (Coleção TRANS).

LOLLINI, Paolo. Didática & Computador: quando e como a informática na escola. Tradução Antonio Vietti e Marcos J. Marcionilo. São Paulo: Edições Loyola, 1991. (Coleção Realidade Educacional, 10).

MAGDALENA, Beatriz Corso; COSTA, Iris Elizabeth. Internet na sala de aula: com a palavra, os professores. Porto Alegre: Artmed, 2003. (Tecnologia educacional).

MARTINS, Mirian Celeste Ferreira Dias; PICOSQUE, Gisa; GUERRA, M. Terezinha Telles. Didática do ensino de arte: a língua do mundo, poetizar, fruir e conhecer arte. São Paulo : FTD, 1998.

PAREYSON , Luigi. Estetica: teoria della formativita. Postfazione di Maurizio Ferraris. IV edizione. Milano: Bompiani, 2005. (Colezione Saggi Tascabili, 73).

______. Os problemas da estética. Tradução Maria Helena Nery Garcez. 3ª edição. São Paulo: Martins Fontes, 1997. (Ensino Superior).

PETTITO, Sônia. Projetos de trabalho em informática: desenvolvendo competências. Campinas: Papirus Editora, 2003. (Coleção Papirus Educação).

PIMENTEL, Lucia Gouveia (org). Som, gesto, forma e cor: dimensões de arte e seu ensino. Belo Horizonte: C/Arte, 2003.

RAMOS, Stella; LÖBEL, Thelma Azevedo. Arte e tecnologia. São Paulo: Caixa Cultural, 2010 (Encontros Arte Contemporânea e Educação).

ROCCO, Edwin Parra. Produção plástica da criança e novas tecnologias. In: Pimentel, Lucia Gouvêa. Som, gesto, forma e cor: dimensões de arte e seu ensino. 4ª edição. Belo Horizonte: C/Arte, 2003.

SALLES, Cecília Salles. Redes da criação: construção da obra de arte. 2ª edição. Vinhedo: Editora Horizonte, 2008.

TENÓRIO, Robinson Moreira. Cérebros e computadores: a complementaridade analógico-digital na informática e na educação. 3ª edição. São Paulo: Escrituras Editora, 1998. (Coleção Ensaios Transversais).

THIOLLENT, Michel. Metodologia da pesquisa-ação. 17ª edição. São Paulo: Cortez, 2009. (Coleção temas básicos de pesquisa-ação).

ZAMBONI, Silvio. A pesquisa em arte: um paralelo entre a ciência. 3ª edição revisada. Campinas: Autores Associados, 2006. (Coleção polêmicas do nosso tempo, 59).

Como Citar
APARECIDA DA CONCEIÇÃO, R. Arte, Educação e Tecnologia: experiências Educativas. Revista GEMInIS, v. 2, n. 1, p. 150-170, 11.