OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA INOVAÇÃO EM COMUNICAÇÃO NO BRASIL A PARTIR DE UMA AVALIAÇÃO DO ECOSSISTEMA

  • Lucas Vieira de Araujo Univel Centro Universitário
Palavras-chave: Inovação, Comunicação, Ecossistema, Startup, Empresas de mídia

Resumo

Esta pesquisa identifica, caracteriza e analisa os principais movimentos de inovação em comunicação no Brasil e de que forma eles se sustentam e interagem com o ecossistema. Foi realizada pesquisa qualitativa e exploratória em três universos: startups, empresas de mídia estabelecidas e fundos de investimentos e organizações de fomento à inovação. Foram coletados dados primários e secundários por meio de entrevista estruturada, pesquisa documental e observação participante. Dentre os resultados, verificou-se que em todos os universos de pesquisa o grau de inovação é reduzido, a inovação é incremental, e há uma falta de integração entre os entes do ecossistema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON, C.; BELL, E.; SHIRKY, C. Post-industrial journalism: adapting to the present: a report. New York: Columbia Journalism School, 2012.
BALLER, S.; DUTTA, S.; LANVIN, B. (Ed.). The Global Information Technology Report 2016: Innovating in the Digital Economy. Geneva: World Economic Forum and INSEAD, Johnson Cornell University, 2016.
BELLAVITIS, C. et al. Entrepreneurial finance: new frontiers of research and practice. Venture Capital: An International Journal of Entrepreneurial Finance, v. 19, n.1-2, p. 1-16, 2017.
BOYLES, J. L. The Isolation of Innovation: Restructuring the digital newsroom through intrapreneurship. Digital Journalism, London, v. 4, n. 2, p. 229-246, 2016.
BRASIL. Constituição Federal (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: Promulgada em 5 de outubro de 1988. Disponível em: . Acesso em: 18 Jul. 2018.
BRUNO, N.; NIELSEN, R. K. Survival is Success: Journalistic Online Start-Ups in Western Europe. Oxford: Reuters Institute for the Study of Journalism, 2012.
BRUTON, G. et al. New financial alternatives in seeding entrepreneurship: Microfinance, crowdfunding, and peer‐to‐peer innovations. Entrepreneurship Theory and Practice, Medford, v. 39, n. 1, p. 9-26, 2015.
CARLSON, M.; USHER, N. News Startups as Agents of Innovation: For-profit digital news startup manifestos as metajournalistic discourse. Digital Journalism, London, v. 4, n. 5, p. 563-581, 2016.
CARVAJAL, M. et al. Aproximación metodológica al estudio de la innovación en periodismo. Observatorio (OBS*), v. 9, n. 3, p. 15-31, 2015.
CASTELLS, M. Sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.
CHESBROUGHT, H. Inovação aberta: como criar e lucrar com a tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2012.
DOGRUEL, L. What is so special about media innovations? A characterization of the field. The Journal of Media Innovations, v. 1, n. 1, p. 52-69, out 2014.
DUTTA, S.; LANVIN, B.; WUNSCH-VICENT, S. The Global Innovation Index 2017 Innovation Feeding the World. Tenth Edition. World Economic Forum, INSEAD e Johnson Cornell University, 2017.
ETZKOWITZ, H.; LEYDESDORFF, L. The dynamics of innovation: from National Systems and “Mode 2” to a Triple Helix of university–industry–government relations. Research policy, Amsterdam, v. 29, n. 2, p. 109-123, 2000.
GYNNILD, A. Journalism innovation leads to innovation journalism: The impact of computational exploration on changing mindsets. Journalism, London, v. 15, n.6, p. 713-730, 2014.
KARLSEN, J.; STAVELIN. E. Computational journalism in Norwegian newsrooms. Journalism practice, Göteborg, v.8, n.1, p. 34-48, 2014.
KÜNG, L. Innovators in Digital News. RISJ Challenges. London: Tauris, 2015.
MAZZUCATO, M. O Estado empreendedor: desmascarando o mito do setor público vs. setor privado. São Paulo: Portfolio-Penguin, 2014.
MAZZUCATO, M; PENNA, C. The Brazilian Innovation System: a mission-oriented policy proposal. Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, 2015.
MIERZEJEWSKA, B.; HOLLIFIELD, C. Theoretical Approaches in Media Management Research. In: ALBARRAN, A. et al (Eds). Handbook of media management and economics. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates, 2006.
MILOUD, T.; ASPELUND, A.; CABROL, M. Startup valuation by venture capitalists: an empirical study. Venture Capital: An International Journal of Entrepreneurial Finance, v. 14, n. 2-3, p. 151-174, 2012.
NEWMAN, N. et al. Reuters Institute Digital News Report 2017. Oxford: University of Oxford, 2017.
PICARD, R. Twilight or new dawn of journalism? Evidence from the changing news ecosystem. Digital Journalism, London, v. 2, n. 3, p. 273-283, 2014.
POWERS, M.; ZAMBRANO, S. V. Explaining the formation of online news startups in France and the United States: A field analysis. Journal of Communication, New York, v. 66, n. 5, p. 857-877, 2016.
PUBLIC POLICE FORUM. The Shattered Mirror News: Democracy and Trust in the Digital Age. 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2017.
REITER, E.; DALE, R. Building Applied Natural Language Generation Systems. Natural Language Engineering, Cambridge, v.3, n.1, p. 57-87, 1997.
RIFKIN, J. Sociedade com custo marginal zero. São Paulo: M. Books do Brasil, 2016.
SÃO PAULO. Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Relatórios anuais – 2013/2014 – referentes aos parques tecnológicos com credenciamento definitivo no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec). São Paulo, 2014.
SÃO PAULO. Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Relatórios anuais – 2014/2015 – referentes aos parques tecnológicos com credenciamento definitivo no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec). São Paulo, 2015.
SÃO PAULO. Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Relatórios anuais – 2015/2016 – referentes aos parques tecnológicos com credenciamento definitivo no Sistema Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec). São Paulo, 2016.
SIRKKUNEN, E.; COOK, C. (Ed.). Chasing sustainability on the net: international research on 69 journalistic pure players and their business models. Tampere: Comet, 2012.
TIDD, J.; BESSANT, J. Gestão da inovação. Porto Alegre: Bookman, 2015.
Publicado
2019-04-07
Como Citar
ARAUJO, L. OPORTUNIDADES E DESAFIOS DA INOVAÇÃO EM COMUNICAÇÃO NO BRASIL A PARTIR DE UMA AVALIAÇÃO DO ECOSSISTEMA. Revista GEMInIS, v. 9, n. 3, p. 4-25, 7 abr. 2019.