Pixillation no Vine: banalidades animadas

  • Sheron Neves PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL - PUCRS
Palavras-chave: Linguagem audiovisual, Animação, Norman McLaren, Dispositivos móveis, Vine

Resumo

Este artigo buscou analisar de que forma alguns usuários do Vine, aplicativo de vídeo do Twitter, lançado em 2013, reproduziram características da técnica de pixillation de Norman McLaren. Ao estabelecer correlações entre a obra Two Bagatelles (1953) e as animações criadas no Vine por Ian Padgham e Jack Bethmann sessenta anos mais tarde, verificamos que a configuração simplificada e as propriedades exclusivas de captação e edição do app teriam contribuído para criar um estilo de animação bastante similar ao pixillation – tanto em termos de temática como no resultado estético obtido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sheron Neves, PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL - PUCRS
Doutoranda do PPGCOM/PUCRS

Referências

BETHMANN, J. Entrevista [e-mail], 9 jun. 2017.

BRUNET, K. Fotografia por celular: questionando novas práticas e dinâmicas de comunicação. In: Anais do Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação. São Paulo: Intercom, 2007. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2007/resumos/R1567-1.pdf. Acesso em: 22 out. 2017.

FERDINAND, L.; NICOLAU M. O primeiro cinema em seis segundos: a recuperação de elementos cinematográficos através da plataforma Vine. Culturas Midiáticas, ano VIII, n. 14, jan-jun/2015, p. 79-94.

IGARZA, R. Burbujas de ocio: nuevas formas de consumo cultural. Buenos Aires: La Crujia, 2009.

KERBER, M. Magia e animação: pixillation, seres vivos e objetos cotidianos. Dissertação de Mestrado, USP/ECA, São Paulo: 2016.

KILPP, S.; MONTAÑO, S. Trânsitos e conectividades na web: uma ecologia audiovisual. MATRIZes, São Paulo, ano 6, n. 1, jul./dez. 2012, p. 129-143. Disponível em: www.revistas.usp.br/matrizes/article/viewFile/48054/51814. Acesso em: 10 mar. 2017.

MCWILLIAMS, D. Creative Process: Norman McLaren [documentário], Canadá, NFB, 1990. Disponível em: https://www.nfb.ca/film/creative_process_norman_mclaren. Acesso em: 12 mar. 2017.

MCWILLIAMS, D. Norman McLaren: hands-on animation. National Film Board of Canada [website] s/d. Disponível em: https://www.nfb.ca/playlists/donald_mcwilliams/mclaren. Acesso em: 10 mar. 2017.

MIGLIOLI, S.; BARROS, M. Novas tecnologias da imagem e da visualidade: GIF animado como videarte. Sessões do Imaginário, Porto Alegre, ano XVIII, n. 29, 2013/1, p. 68-75.

MILLER, A. D.; EDWARDS, E. K. Give and take: A Study of Consumer Photo-Sharing Culture and Practice. CHI 2007, 28 abr.- 3 maio 2007, San Jose, California. Disponível em: http://www.cc.gatech.edu/~keith/pubs/chi2007-photosharing.pdf. Acesso em: 31 maio 2017.

PADGHAM, I. Entrevista [e-mail], 31 maio 2017.

PEW RESEARCH CENTER. Smartphone ownership and internet usage continues to climb in emerging economies [report]. Fev. 2016. Disponível em: http://www.pewresearch.org Acesso em: 24 jun. 2017.

POULAKI, Maria. Featuring shortness in online loop cultures. Empedocles: European Journal for the Philosophy of Communication, 2015, v. 5, n. 1-2, p. 91-96.

RUIC, G. Os apps mais baixados de 2013. Exame, 27/12/2013. Disponível em:

http://exame.abril.com.br/tecnologia/os-apps-mais-baixados-de-2013-para-iphone-e-ipad. Acesso em: 06 fev. 2014.

TIETZMANN, R.; ROSSINI, M. O registro da experiência no audiovisual de acontecimento contemporâneo. XXII Encontro Anual da Compós, UFBA, Salvador, jun. 2013. Disponível em: http://compos.org.br/data/biblioteca_1998.pdf. Acesso em: 10 abr. 2017.

TIFENTALE, A. Art of the masses: from Kodak Brownie to Instagram. Networking Knowledge Special Issue: Be Your Selfie, v. 8, n. 6, nov. 2015, p. 1-16. Disponível em: http://ojs.meccsa.org.uk/index.php/netknow/article/view/399. Acesso em: 2 jun. 2017.

Publicado
2018-11-20
Como Citar
NEVES, S. Pixillation no Vine: banalidades animadas. Revista GEMInIS, v. 9, n. 2, p. 79-92, 20 nov. 2018.
Seção
Espaço Convergente