A RECURSIVIDADE NA COMUNICAÇÃO:

UMA ABORDAGEM INTERPRETATIVA

  • Daniela Carvalho Monteiro Ferreira PUC Minas Uberlândia
Palavras-chave: comunicação digital, hermenêutica, recursividade, teorias da comunicação

Resumo

O artigo tem por objetivo demonstrar que o atual cenário da comunicação digital pode ser interpretado sob a ótica da ciência da computação, da matemática e das teorias da comunicação. O método de análise utilizado foi a hermenêutica filosófica. O estudo identificou um padrão de repetição em determinadas situações que já foram amplamente explicadas pelas teorias da comunicação. Como conclusão, acredita-se que o estágio atual é de recursividade na comunicação.

Biografia do Autor

Daniela Carvalho Monteiro Ferreira, PUC Minas Uberlândia
Publicitária e Analista de Sistemas, especialista em Marketing, mestre em Multimeios, doutora em Artes. Possui pós-doutorado em Inteligência Artificial. Profa. no curso de Sistemas de Informação na PUC Minas Uberlândia.

Referências

AGUILAR, L. J. Fundamentos de Programação: algoritmos, estrutura de dados e objetos. Tradução: Paulo Heraldo Costa do Valle. 3ª ed. Dados Eletrônicos. Porto Alegre: AMGH, 2011.

BELINI, M. M. A Razão Áurea e a Sequência de Fibonacci. Dissertação de Mestrado. São Carlos, SP: ICMC/USP, 2015. Disponível em: .

CORNEN, T. H. e outros. Algoritmos: teoria e prática. Tradução da segunda edição [americana]: Vanderberg D. de Souza. Rio de Janeiro: Elsevier, 2002.

DASGUPTA, S. e outros. Algoritmos. Dados Eletrônicos. Porto Alegre: AMGH, 2010.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e Método: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Trad.: Flávio Paulo Meurer. 3ª ed. Petrópolis: Ed. Vozes, 1999.

MCLUHAN, M. Understanding Media: the extensions of man. 1964. New York, USA: Routledge Classic, 2006.

O’NEIL, Cathy. Weapons of Math Destruction: how big data increases inequality and threatens democracy. New York, Usa: Crown, 2016.

ROCHA, H. BARANAUSKAS, M. C. C. Design e Avaliação de Interfaces Humano-Computador. Campinas: Nied/Unicamp, 2003.

RUSSELL, S.; NORVIG, S. Inteligência Artificial. Trad. da 3ª edição por Regina Célia Simille de Macedo. São Paulo: Elsevier, 2013.

SIMÕES-PEREIRA, J. M. S. Grafos e Redes: teoria e algoritmos básicos. Rio de Janeiro: Interciência: 2013.

SOUZA, C. S. et al. Interação Humano-Computador: perspectivas cognitivas e semiótica. In: FUKS, H. (Org.). Jornadas de Atualização em Informática, 1999. Rio de Janeiro: Edições EntreLugar, 1999. P. 420-70.

THE ECONOMIST. To Understand Digital Advertising, study its algorithms. 22 Mar 2018. Disponível em: <https://www.economist.com/news/science-and-technology/21739145-skinner-box-software-understand-digital-advertising-study-its-algorithms>. Acesso em 30 Mar 2018.

WOLF, M. Teorias das Comunicações de Massa. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

YOUTUBE. Presente, Passado e Futuro da Internet no Brasil. In: VII FórumBR. Rio de Janeiro: CGI, 2017. Disponível em: <https://youtu.be/dhO1VvOc1cU>. Acesso em: 12 Mar 2018.

Publicado
2019-07-19
Como Citar
FERREIRA, D. A RECURSIVIDADE NA COMUNICAÇÃO:. Revista GEMInIS, v. 10, n. 1, p. 111-123, 19 jul. 2019.