O CENÁRIO DE NEGÓCIOS PARA CANAIS DE TV SUPERBRASILEIROS: Entraves para o Desenvolvimento de um Modelo Multiplataforma

  • Gabriel Bouhid Barradas Universidade Federal do Rio de Janeiro http://orcid.org/0000-0002-1839-0567
  • Vicente Nepomuceno Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • João Pedro Peiter Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
  • Rodrigo Moraes Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: audiovisual, televisão, novas mídias

Resumo

Através de uma análise do cenário de negócios buscou-se descrever os entraves encontrados na transição de um canal superbrasileiro de pequeno porte para um modelo multiplataforma. Foi utilizado para isto o método da pesquisa-ação, que envolve participação ativa das pessoas envolvidas na organização através de seminários com gestores, funcionários e outros profissionais atuantes na cadeia de suprimentos. Conclui-se que há possibilidade de entrada deste tipo de organização no mercado, porém as elevadas barreiras dadas pelas relações entre os grandes agentes impõem graves restrições ao crescimento e sucesso dos modelos multiplataforma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Bouhid Barradas, Universidade Federal do Rio de Janeiro
COPPE/UFRJ, Mestre em Engenharia de Produção, área de Gestão e Inovação. Pesquisador no LOCus/UFRJ  – Laboratório de Operações Intensivas em Conhecimento. Gerente de Operações no CINEBRASiLTV
Vicente Nepomuceno, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
COPPE/UFRJ, Mestre em Engenharia de Produção, área de Gestão e Inovação. Pesquisador no LOCus/UFRJ  – Laboratório de Operações Intensivas em Conhecimento. Gerente de Operações no CINEBRASiLTV
João Pedro Peiter, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
UNIRIO, Estudante de Graduação em Engenharia de Produção
Rodrigo Moraes, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro
UNIRIO, Estudante de Graduação em Engenharia de Produção

Referências

ANCINE. Valor Adicionado pelo Setor Audiovisual: Estudo Anual 2016. 06/10/2016.

ARONCHI, J. Set a Zero: A Queda das Barreiras de Entrada para os Negócios Audiovisuais. Revista GEMInIS, São Carlos, UFSCar, v. 8, n. 1, pp. 182-193, jan. / abr. 2017.

CAMEIRA, R. & PROENÇA, A. Framework do Setor de Telecomunicações. In: CAMEIRA, R. (Ed.) A Indústria de Telecomunicações e o Setor Informacional Multimídia Emergente: Estudo das Cadeias Associadas de Telecomunicações, Tecnologia da Informação e Conteúdo – a Indústria de Telecomunicações e o Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Quartet Editora & Comunicação Ltda., 2008, pp. 65-122.

CHESBROUGH, H., ROSENBLOOM, R. The role of business model incapturing value from innovation: evidence from Xerox Corporation´s technology spin-off companies. Industrial and Cooporate Change, Volume 11, number 3, pp. 529 – 555, 2002.

GALVÃO, A. A Cadeia de Valor Ramificada: Uma Ferramenta Analítica para a Análise Econômica do Setor Audiovisual. In: MOREIRA, S. (Org.) Indústria da Comunicação no Brasil: Dinâmicas da Academia e do Mercado. Rio de Janeiro: UERJ

JOHNSON, M., CHRISTENSEN, C.M. & KAGERMAN, H. Reinventing your business model. Harvard Business Review. Vol .Dec, 2008

OSTERWALDER, A. & PIGNEUR, Y. Business Model Generation: Inovação em Modelos de Negócio. Rio de Janeiro: Alta Books, 2011.

PORTER, M. The Five Competitive Forces That Shape Strategy. Harvard Business Review, janeiro 2008.

PORTER, M. How Competitive Forces Shape Strategy. Harvard Business Review, março 1979.

TEECE, D. J. Business Models, Business Strategy and Innovation. Long Range Planning, vol. 43, pp.172 – 194, 2010.

TELECO. Market Share das Operadoras de TV por Assinatura. 14/09/2017. http://www.teleco.com.br/optva.asp. Acessado em 17/11/2017

Publicado
2017-12-18
Como Citar
BARRADAS, G.; NEPOMUCENO, V.; PEITER, J. P.; MORAES, R. O CENÁRIO DE NEGÓCIOS PARA CANAIS DE TV SUPERBRASILEIROS: Entraves para o Desenvolvimento de um Modelo Multiplataforma. Revista GEMInIS, v. 8, n. 3, p. 4-28, 18 dez. 2017.