TIPOLOGIAS DA MULHER POPULAR EM DUAS TELENOVELAS DE JOÃO EMANUEL CARNEIRO

  • Rosana Mauro Universidade de São Paulo - USP

Resumo

Este trabalho faz parte de um projeto de doutorado que reflete sobre as especificidades da telenovela na construção midiática do que se entende por mulher popular brasileira em duas telenovelas de João Emanuel Carneiro (Avenida Brasil e A Regra do Jogo). Este artigo faz um recorte, com foco na construção de uma tipologia para essas representações, baseada nas teorias sobre personagens e na realidade sócio histórica brasileira no que diz respeito a classe social e gênero, considerando a relação dialógica entre ficção e realidade e a importância da representação teleficcional para a reprodução e elaboração de imaginários sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosana Mauro, Universidade de São Paulo - USP
Doutoranda em Ciências da Comunicação pela ECA/USP. Mestre em Ciências da Comunicação pela ECA/USP (2014). Participa do Grupo de Estudos GELiDis - Linguagens e Discursos nos Meios de Comunicação, da ECA/USP. Especialista em Comunicação Organizacional - Relações Públicas pela Faculdade Cásper Líbero (2007). Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo (2005).

Referências

ALMEIDA, Heloísa Buarque de. Consumidoras e heroínas: gênero na telenovela. Revista estudos Feministas, Florianópolis, v.15, n.1 , p. 177-192, jan./abril. 2007.

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho. Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 2001.

BEAUVOIR, Simone. O segundo sexo. Fatos e mitos. São Paulo: Difusão europeia do livro, 1970.

BERGER; Peter L..; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: tratado de sociologia do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 2014.

BOURDIEU, Pierre. A Distinção: crítica social do julgamento. Tradução: Daniela Kern; Guilherme F. Teixeira. São Paulo: Edusp; Porto Alegre: Zouk, 2007.

BRUNER, Jerome. A cultura da educação. Tradução: Marcos A. G. Domingues. Porto Alegre, 2001.

CANDIDO, Antonio. A personagem do romance. In: CANDIDO, Antonio; ROSENFELD, Anatol; PRADO, Decio de Almeida; GOMES, Paulo Emílio Salles. A personagem de ficção. São Paulo : Perspectiva, 2014.

CONNELL, Raewyn; PEARSE, Rebecca. Gênero: uma perspectiva global. São Paulo: nVersos, 2015.

DEL PRIORE, Mary. Magia e medicina na Colônia: corpo feminino. In: DEL PRIORE, Mary (org). História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 2015.

ECO, Umberto. Seis passeios pelos bosques da ficção. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

ESCOSTEGUY, Ana Carolina D. DE GASTADORES A ECONÔMICOS: uma narrativa midiática de transformação do estilo de vida dos segmentos populares em ascensão. XXIII Encontro Anual da Compós, Universidade Federal do Pará, Belém, de 27 a 30 de maio de 2014.

FONSECA, Cláudia. Ser mãe, mulher e pobre. In: DEL PRIORE, Mary (org). História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 2015.

FORSTER, Edward Morgan. Aspectos do Romance. São Paulo: Globo, 2005.

FÜRSICH, Elfriede. O problema em representar o Outro: mídia e diversidade cultural. Parágrafo, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 51-61, jan./jun.. 2016.

JOST, François. Compreender a televisão. Porto Alegre, Sulina, 2007.

MOTTER, Maria Lourdes. Ficção e Realidade: A construção do cotidiano na telenovela. São Paulo: Alexa Cultural, Comunicação & Cultura - Ficção Televisiva, 2003.

RONSINI, Veneza Mayora; et al. Os sentidos da telenovela nas trajetórias sociais de mulheres da classe dominante. XXV Encontro Anual da Compós, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, de 7 a 10 de junho de 2016.

SCOTT, Joan W. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação & Realidade, Porto Alegre, n.20, v.2, p. 71-100, jul./dez. 1995.

SKEGGS, Beverley. The moral economy of person production the class relations of self-performance on ‘reality’ television The Sociological Review, n. 57, v. 4, 2009.

SERELLE, Marcio. A guinada dos populares: mídia e vida social no Brasil. XXIII Encontro Anual da Compós, Universidade Federal do Pará, Belém, de 27 a 30 de maio de 2014

SOIHET, Rachel. Mulheres pobres e violência no Brasil Urbano. In: DEL PRIORE, Mary (org). História das mulheres no Brasil. São Paulo: Contexto, 2015.

VOGLER, C. A Jornada do Escritor. Tradução: Ana Maria Machado. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e materialismo. [1980] Buenos Aires: las Cuarenta, 2009.

Publicado
2018-11-20
Como Citar
MAURO, R. TIPOLOGIAS DA MULHER POPULAR EM DUAS TELENOVELAS DE JOÃO EMANUEL CARNEIRO. Revista GEMInIS, v. 9, n. 2, p. 46-62, 20 nov. 2018.
Seção
Espaço Convergente