Design, publicidade e neurociência: Uma reflexão interdisciplinar em tempos de convergência midiática

  • Diogo Rógora Kawano USP
  • Eva Jussara Carvalho Furtado USP
  • Leandro Leonardo Batista USP
Palavras-chave: design, publicidade, convergência midiática, eye tracking, neurociência

Resumo

Este artigo tem como objetivo realizar uma reflexão interdisciplinar relacionando às esferas do design, da publicidade e da neurociência, a fim de apresentar e discutir como os estudos científicos envolvendo a metodologia do eye tracking podem auxiliar na compreensão dos processos atencionais atrelados à experiência dos usuários com os media. Para tanto, foi realizada uma revisão da bibliografia contendo alguns dos principais estudos empíricos nos três âmbitos acima descritos. Como principal resultado, nota-se que a aproximação dessas áreas traz uma rentável discussão à esfera da convergência midiática, embora poucas pesquisadas tenham sido feitas no Brasil, evidenciando uma necessidade por mais estudos nessa direção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diogo Rógora Kawano, USP
Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação – PPGCOM-USP, mestre e bacharel pela mesma instituição. Membro do Centro de Comunicação e Ciências Cognitivas - 4C USP.
Eva Jussara Carvalho Furtado, USP
Mestranda em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP). Membro do Centro de Comunicação e Ciências Cognitivas - 4C USP. Bacharel em Design – habilitação em projeto de produto pela Universidade do Estado do Pará (UEPA).
Leandro Leonardo Batista, USP
Professor Doutor em Comunicação Social - University of North Carolina, docente da Escola de Comunicações e Artes da USP (ECA-USP) e membro do Centro de Comunicação e Ciências Cognitivas – 4C USP.

Referências

ABI RESEARCH. Converged Advertising Platforms: Internet, Mobile, and TV. 2013. Disponível em: <https://www.abiresearch.com/market-research/product/1019736-converged-advertising-platforms-internet-m/>. Acesso em 05 Mai. 2014.

ARMSTRONG, J S. Persuasion Through Advertising: A Summary of Principles, 2000. Disponível em: <http://www.fourps.wharton.upenn.edu/advertising/advertisingprincples%20list.htm> Acesso em 05 mai.2014.

ASSAEL, H.; KOFRON, J H; BURGI, W Advertising Performance as a Function of Print Ad Characteristics, Journal of Advertising Research, v. 7, n. 2, p.20-26, 1967.

BARAGGIOLI, F; BRASEL, S.A. Visual Velocity: Content Font Effects and Incidental Online Ad Exposure. Advances in Consumer Research, v. 35, p. 600-606. eds. Angela Y. Lee and Dilip Soman, Duluth, MN: Association for Consumer Research, 2008.

BENWAY, J. P.; LANE, D. M. Banner blindness: web searchers often miss “obvious” links. Internet Technical Group, 1998. Disponível em <http://www.ruf.rice.edu/~lane/papers/banner_blindness.pdf>. Acesso em 05 Mai.2014.

BRAGA, A. S. Design de interface: as origens do design e sua influên

cia na produção da hipermídia. 2004. 135 f. Dissertação (Mestrado em Comunicação e Semiótica) - Faculdade de Filosofia, Comunicação, Letras e Artes, PUC, São Paulo, 2004.

CARDOSO, Rafael. Design para um mundo complexo. São Paulo:

Cosac Naify: 2012.

COULDRY, N. Mediatization Or Mediation? Alternative understandings of the emergent space of Digital Storytelling. New Media & Society, 10(3), 373-391, 2008. Disponível em: <http://nms.sagepub.com/cgi/reprint/10/3/373>. Acesso em 5 mai. 2015.

GARRETT, J. J. The elements of user experience: user-centered design for the web and beyond. 2 ed. Berkeley, CA: New Riders, 2011.

GAZZANIGA, M.S. & HAETHERTON, T.F. Ciência Psicológica. Mente, Cérebro e Pensamento. Porto Algre: Artmed, 2005.

HEPP, A. As configurações comunicativas de mundos midiatizados: pesquisa da midiatização na era da “mediação de tudo”. Matrizes (USP. Impresso), v. 8, 2014.

HOLMES, M. E.; JOSEPHSON, S.; CARNEY, R. E. Visual attention to television programs with a second-screen application. Proceedings of the Symposium on Eye tracking Research and Applications - ETRA ‘12, p. 397-400, 2012.

JENKINS, H. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

KAWANO, D. R. Métodos de neurociência aplicados à publicidade: uma apresentação do eletroencefalograma (EEG), Ressonância Magnética Funcional (fMRI) e Eyetracking. Entre Meios, v. 10, p. 1-16, 2013.

MARTÍN-BARBERO, J. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ, 2003.

MCCRACKEN, G. Cultura e consumo: novas abordagens ao caráter simbólico dos bens e das atividades de consumo. Rio de Janeiro: Mauad, 2003.

MEIO & MENSAGEM. Em bom ritmo, mercado cresce 16,5%. 2014. Disponível em: <http://www.meioemensagem.com.br/home/midia/noticias/2014/08/14/Em-bom-ritmo-mercado-cresce-16-5-porcento.html>. Acesso em: 15 mai. 2015.

MIEGE, B. A sociedade tecida pela comunicação: técnicas de informação e da comunicação entre inovação e enraizamento social. São Paulo: Paulus, 2009.

MOURA, M. Design de hipermídia: dos princípios aos elementos. São Paulo: NMD e Edições Rosari, 2007.

ORTIZ-CHAVEZ, et al. AdWords, imágenes y ceguera a los banners. Un

estudio com eye tracking”. El profesional de la información, v. 23, n. 3, p. 279-287, mayo-junio 2014.

PASSOS, R.; MOURA, M. Design da informação na hipermídia. InfoDesign, v. 4, n, 2, p. 20-28, 2007. Disponível em: <http://www.infodesign.org.br/infodesign/article/view/38>. Acesso em: 5 mai. 2015.

PIETERS, R. A review of eye-tracking research in marketing. In: Review of marketing research, Malhotra, N. K. (ed.), Emerald group publishing Limited, v. 4, p. 123-147, 2008.

______; WEDEL, M. Attention Capture and Transfer in Advertising: Brand, Pictorial, and Text-Size Effects. Journal of Marketing, v. 68, n. 2, p. 36-50, apr. 2004.

PROXXIMA. EUA: investimento em publicidade digital ultrapassa TV aberta. 2014. Disponível em: <http://www.proxxima.com.br/home/negocios/2014/04/10/Nos-EUA--publicidade-digital-ultrapassa-TV-aberta-pela-primeira-vez.html>. Acesso em: 15 mai. 2015.

RADFAHRER, Luli. Design/web/Design 2. São Paulo, SP: Market Press

Editora, 2001.

REDIG, J. Não há cidadania sem informação, nem informação sem design. InfoDesign, v. 1, n. 1, p. 58-66, 2004. Disponível em: <http://www.infodesign.org.br/infodesign/article/view/4>. Acesso em: 5 mai. 2015.

ROSSITER, J; PERCY, L. Advertising Communications & Promotion Management, 2d ed. New York: McGraw-Hill, 1997.

SAMPIERI, R. H.; COLLADO, C. F.; LUCIO, P. B. Metodologia de pesquisa. 5.ed. São Paulo: McGraw-Hill, 2013.

SHIRKY, C. A cultura da participação. Criatividade e generosidade no mundo conectado. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

TANGMANEE, C. Relationships Among Two Visual Attentions And Fixation Duration On An Ad Banner: An Exploration Through Eye-Tracking On Youtube. Journal Of Global Business Issues 7.1 (2013), p. 1-6. Business Source Complete. Web. 28 Apr.2014, 2014.

TEIXEIRA, E. A. S. A usabilidade em estudo: experiência de compra e de leitura de quadrinhos em meio digital. Estudo de caso do aplicativo Dc Comics para iPad. InfoDesign, v. 9, n. 2, p. 56-69, 2012. Disponível em: <http://www.infodesign.org.br/infodesign/article/view/120>. Acesso em: 5 mai. 2015.

TONETTO, L. M.; RENCK. P. B.; STEIN, L. M. Cognição, Design e consumo: a racionalidade limitada na tomada de decisão. Estudos em Design, v. 20, n. 2, p. 1- 18, 2012. Disponível em: <http://www.maxwell.vrac.puc-rio.br/20813/20813.PDF>. Acesso em: 5 mai. 2015.

Publicado
2015-06-28
Como Citar
RÓGORA KAWANO, D.; JUSSARA CARVALHO FURTADO, E.; LEONARDO BATISTA, L. Design, publicidade e neurociência: Uma reflexão interdisciplinar em tempos de convergência midiática. Revista GEMInIS, v. 6, n. 1, p. 79-100, 28 jun. 2015.
Seção
Dossiê