Estratégias de Comunicação na Cultura Digital: publicidade e entretenimento aliados

  • Beatriz Braga Bezerra PPGCOM/UFPE
  • Rogério Covaleski PPGCOM/UFPE
Palavras-chave: Publicidade, Entretenimento, Consumidor

Resumo

O consumidor contemporâneo – em sua maioria – não é passivo, deixou para trás a identidade da submissão; é agora, sim, ativo, projeta-se à participação e à colaboração. A evolução tecnológica contribui para essa emancipação do consumidor: as perspectivas interacionais da tevê digital, as redes sociais digitais e o desenvolvimento de, cada vez mais, dispositivos portáteis de comunicação dão ao público o poder de escolha e a possibilidade de criar bloqueios às mensagens publicitárias. Pretende-se investigar a evolução da linguagem publicitária tendo em vista as mudanças no perfil do consumidor e a necessidade de estratégias mais eficazes na transmissão de mensagens persuasivas.

Biografia do Autor

Beatriz Braga Bezerra, PPGCOM/UFPE
Mestranda em Comunicação (PPGCOM/UFPE), Pós-graduada em Gestão da Comunicação Empresarial (FAFIRE-PE).
Rogério Covaleski, PPGCOM/UFPE
Professor adjunto (DCOM e PPGCOM/UFPE), Doutor em Comunicação e Semiótica (PUC-SP).

Referências

BARICHELLO, Eugenia. O marketing viral como estratégia publicitária nas novas ambiências midiáticas. Em Questão: Porto Alegre, 2012. v.16, n.1, p.29-44.

BURROWES, Patrícia. Cinema, entretenimento e consumo: uma história de amor. Porto Alegre: Revista FAMECOS, Abril de 2008.

CASTRO, Gisela. Mídia, consumo, globalização e contemporaneidade. In: BACCEGA, Maria Aparecida (org.). Comunicação e culturas do consumo. São Paulo: Atlas, 2008.

CHACEL, Marcela e PATRIOTA, Karla. Transmedia Storytelling: publicidade, narrativa e consumo. Trabalho apresentado no I pró-Pesq PP – Encontro de Pesquisadores em Publicidade e Propaganda. CRP/ECA/USP. São Paulo, 2010.

COVALESKI, Rogério. Publicidade Híbrida. Curitiba: Maxi Editora, 2010.

______. Reflexões sobre a tecnologia em torno da publicidade. In: STEFFEN, César; BENEVENUTO JR., Álvaro. Tecnologia, pra quê? Os impactos dos dispositivos tecnológicos no campo da comunicação. Porto Alegre: Armazém Digital, 2012 (no prelo).

DONATON, Scott. Publicidade + Entretenimento: Por que estas duas indústrias precisam se unir para garantir a sobrevivência mútua. São Paulo: Cultrix, 2007.

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo: Aleph, 2009.

MURRAY, Janet H. Hamlet no holodeck: o futuro da narrativa no ciberespaço. São Paulo: Itaú Cultural: Unesp, 2003.

ROSEN, Emanuel. Marketing boca a boca: como fazer com que

os clientes falem de sua empresa, seus produtos e serviços. São Paulo: Futura, 2001.

SANTA HELENA, Raul; PINHEIRO, Antonio. Muito além do Merchan!. Rio de Janeiro: Campus, 2012.

SANTAELLA, Lucia. Culturas e artes do pós-humano. Da cultura das mídias à cibercultura. São Paulo: Paulus, 2010.

______. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.

SILVA, Nelito Falcão. Marketing viral: quando os internautas são a melhor propaganda. 2008. 171 f. Dissertação (Mestrado em Teorias e Tecnologias da Comunicação) – Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

THOMPSON, John B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. 12.ª Ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

TOFFLER, Alvin. A Terceira Onda. Rio de Janeiro: Record, 1980.

Publicado
2013-12-15
Como Citar
BRAGA BEZERRA, B.; COVALESKI, R. Estratégias de Comunicação na Cultura Digital: publicidade e entretenimento aliados. Revista GEMInIS, v. 4, n. 2, p. 120-133, 15 dez. 2013.
Seção
Abordagens Multiplataformas