Um Ensaio sobre a Baianidade em Ó Paí, ó: do cinema para a televisão!

  • Bárbara de Lira Bezerra Universidade Anhembi Morumbi
Palavras-chave: serialidade, baianidade, estereótipos, crítica social.

Resumo

Este trabalho visa comentar aspectos da baianidade e as críticas sociais abordadas por meio dos personagens, considerando as características da serialidade encontradas entre o filme e a série exibida na televisão, Ó Paí, ó. O estudo das formas seriadas aponta a série televisiva como uma continuidade do que foi mostrado nas salas de cinema. Com ares de comédia e situações dramáticas, os personagens de um cortiço no Pelourinho (BA), cujas vidas se entrelaçam encontram, na serialidade, o espaço e o tempo para expor o modus vivendi baiano, assim como os indicadores de violência, prostituição, turismo sexual, racismo e malandragem que constituem o habitat dos personagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara de Lira Bezerra, Universidade Anhembi Morumbi
Mestranda em Comunicação, como bolsista da CAPES, na UAM - Universidade Anhembi Morumbi. Tese (em andamento): A Representação do Baiano no filme Ó PAÍ, Ó.

Referências

A TARDE ON LINE. Diretora rebate críticas ao “sotaque” Ó Paí Ó, 29 mar.2007.

Disponível em: <http://www.atarde.com.br/cultura/noticia.jsf?id=740786>. Acesso em 13 jun. 2010.

CARROLL, Noel. A Filosofia do Horror. São Paulo: Editora Papirus, 1999.

ECO, Humberto. Sobre os espelhos e outros ensaios. Tradução de Beatriz Borges. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1989.

MACHADO, Arlindo. A televisão levada a sério. São Paulo: Editora Senac, 2005.

PALLOTTINI, Renata. Dramaturgia de Televisão. São Paulo: Editora Moderna, 1998.

STARLING, Cássio. Em tempo real: Lost, 24 Horas, Sex and the City e o impacto das novas séries de TV. São Paulo: Alameda, 2006.

Como Citar
DE LIRA BEZERRA, B. Um Ensaio sobre a Baianidade em Ó Paí, ó: do cinema para a televisão!. Revista GEMInIS, v. 1, n. 1, p. 165-176, 11.