Revista GEMInIS


 

É com satisfação que apresentamos mais uma edição da Revista GEMInIS. Nesse número, apresentamos artigos que discutem o tema “Distopia Algorítmica e o Ativismo de Dados nas Plataformas”, com o propósito de discutir os impactos do uso de algoritmo nas plataformas, uma vez que há recursos cada vez mais sofisticados para a extração de dados - que serão convertidos em uma experiência personalizada para o usuário, e utilizados para a venda de conteúdo e alcance para as empresas. Para além de fomentar um modelo de negócio rentável, as práticas dos algoritmos nas plataformas contemporâneas são atravessadas por diversas questões de ordem política, cultural, econômica e midiática, que colocam em cheque as formas de recepção, criação, participação e compartilhamento dos usuários.

São quatro os artigos debatem sobre essa temática por diferentes olhares: Angelo Sastre (UNESP), Claudia Silene Pereira de Oliveira (UNESP), Francisco Rolfsen Belda (UNESP) realizam uma reflexão sobre até que ponto o “filtro bolha” pode influenciar na difusão de fake news nas mídias sociais; Cecília Almeida Lima (UniFBV) levanta questões pertinentes aos estudos sobre televisão, cada vez mais permeados pelo paradigma da datificação; Isabela Zamboni Moschin (UNESP) e Vânia Cristina Pires Nogueira Valente (UNESP)  analisam os algoritmos presentes nos softwares de e-readers, comparando as diferentes funcionalidades do dispositivo com os livros impressos, além de abordar a experiência do usuário e suas nuances.; Thiago Seti Patricio (UNESP) e Maria da Graça Mello Magnoni (UNESP) fazem um estudo sobre os conceitos e utilidades que perpassam a Mineração de Dados (Data Mining) e Big Data, com o objetivo de demonstrar as consequências das aplicações desses dois pilares tecnológicos da atualidade no campo da educação.

Gostaríamos de também destacar os demais artigos reunidos na seção “Espaço Convergente”, com trabalhos que analisam a comunicação e a informação um espaço ao sentido da vida, o apelo feministas em séries televisivas norte-americanas, a representação audiovisual do hip-hop, bem como reflexões sobre o gênero, o envelhecimento e a sexualidade feminina na série Grace and Frankie (Netflix, 2015-2017).

Essa edição está nas nuvens graças ao trabalho generoso e árduo realizado pela Equipe de Editores. O agradecimento é extensivo a todos os autores que participaram deste número e também aos pareceristas e colaboradores pela leitura atenta e minuciosa, ajudando-nos na seleção dos artigos a serem publicados.

A equipe editorial deseja a todos uma boa leitura!

João Carlos Massarolo (UFSCar)
Editor Responsável


v. 9, n. 1 (2018): Distopia Algorítmica e o Ativismo de Dados nas Plataformas

Sumário

Apresentação

 
PDF
1-3

Artigos

Angelo Sastre, Claudia Silene Pereira de Oliveira, Francisco Rolfsen Belda
PDF
4-17
Cecília Almeida Lima
PDF
18-39
Isabela Zamboni Moschin, Vânia Cristina Pires Nogueira Valente, Nicholas Bruggner Grassi
PDF
40-56
Thiago Seti Patricio, Maria da Graça Mello Magnoni
PDF
57-75

Espaço Convergente

Luiza Lusvarghi, Sílvia Góis Dantas
PDF
76-92
Gabriela Machado Ramos de Almeida, Ana Caroline Maciel Szezecinski
PDF
93-110
Jose Manuel da Silva Simoes
PDF
111-124
Eduarda Wilhelm, Noel dos Santos Carvalho
PDF
125-142
Rômulo Viera da Silva
PDF
143-160
Elton Bruno Barbosa Pinheiro
PDF
161-176
Alfredo Suppia, Maria Cristina, Paula Gomes
PDF
177-196